Dilma nega ‘caixa 2’ em sua campanha e diz que se houve, foi sem seu conhecimento

dilma-entrevista-alvorada (foto reprodução youtube qute)Em entrevista, Dilma afirma que desconhecia pagamentos ilegais de sua campanha e que jamais autorizou tal tipo de pagamento

A presidente afastada Dilma Rousseff declarou nesta sexta-feira, dia 22, em entrevista no Palácio da Alvorada, em Brasília, que jamais autorizou qualquer tipo de pagamento em sua campanha política através do chamado ‘caixa dois’.

Apesar disto, ela ponderou que, caso isto tenha ocorrido, teria sido de forma alheia ao seu conhecimento:

“Isso não me preocupa [diz Dilma]. Não autorizei pagamento de caixa dois a ninguém. Procurei sempre pagar o valor que achava que devia a ele [João Santana]. Se houve pagamento de caixa dois, não foi com meu conhecimento”, declarou Dilma.

João Santana denunciou Dilma em depoimento na Lava Jato

As afirmações de Dilma foram feitas como uma forma de rebater as declarações de João Santana,  marqueteiro do PT, e de sua mulher Mônica Moura,  responsáveis pelas campanhas políticas da petista.

4,5 milhões através do ‘caixa dois’

Segundo os depoimentos de ambos aos investigadores da Lava Jato, eles teriam recebido cerca de US$ 4,5 milhões através do ‘caixa dois’ da campanha da presidente afastada. Os pagamentos teriam sido depositados em uma conta não declarada no exterior.
Ainda de acordo com Mônica Santana, que cuidava pessoalmente da contabilidade do casal, o PT deixou de repassar a quantia de R$ 10 milhões.

Para não ficar no prejuízo, ela teria procurado o engenheiro Zwi Skornicki, responsável pelo estaleiro Keppel Fels, que mantinha negócios com a Petrobras. Após as negociações, ficou acertado que o restante seria pago em dez prestações pelo mesmo.

João Vaccari sob pressão da família

De acordo com a petista, as declarações de João Santana não lhe causariam temor. Entretanto, o seu partido já admitiu que isto pode estimular outras delações como a do ex-tesoureiro João Vaccari Neto, que está sob  para contar tudo o que sabe sobre o esquema de propinas envolvendo a legenda.

Presidente afastada na ainda entrevista disse, que não esta preocupada com delação de João Santana.

As declarações foram feitas em interrogatório nesta quinta-feira (21) na ação em que são acusados de recebimento de propina no esquema envolvendo a Petrobras investigadas pela Operação Lava Jato.

Você pode gostar também