Telecobrança: um ‘inferno psicológico’ na vida dos inadimplentes

Cobrança abusiva não é só pelo valor, empresas de telecobrança tem desrespeitado direitos do consumidor, ‘chega a ser torturante’

Os sites de reclamações do consumidor já registram altos índices de desrespeito por parte da empresas de cobrança.

Algumas pessoas tem relatado verdadeira tortura, pela quantidade de ligações e falta de profissionalismo.

Empresas chegaram ao absurdo de ligarem durante a madrugada, como relatado por vários usuários do site de reclamações “Quem Perturba”.

Muitos  brasileiros, cidadãos em situação de inadimplência, têm se sentido, “torturados psicologicamente” por empresas de cobrança que,  tratam devedores, como criminosos.

Muitos relatam, já não aguentarem mais a “pressão”, métodos usados pelos escritórios são abusivos, dado ao número de contatos diários via telefone.

Esse tipo de método é adotado como “estratégia”, para receber dívidas de inadimplentes,  ligarem todos os dias, em horários impróprios, várias vezes, fazendo da vida de quem tem pendências com terceiros,  um verdadeiro “inferno”.

Ligam a toda hora, o dia inteiro

Relatos no site “Reclame Aqui” e no “Quem Perturba”, entre outros acusam empresas de ligarem durante a madrugada, domingos, feriados, nas primeira horas da manha.

Ligam nos telefones fixos,  celulares, todos com facilidade de serem achados, os contatos são obtidos na internet, por meio de buscas dos nomes do clientes inadimplentes.

As empresas negam abuso, em respostas às reclamações (no site Reclame Aqui), mas o grande número de reclamações apontam existência deste tipo de prática abusiva.

Denuncie no Reclame Aqui

Se voe esta sendo perturbado, excessivamente, existem sites que recebem reclamações destes abusos, incluindo o excesso de ligações e em horário inapropriado.

As queixas são registradas e repassadas pelo Reclame Aqui para empresa reclamada, no Quem Perturba, você pode digitar o número do telefone (se tiver “bina” ou identificado no celular).

O site IBEDEC – Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo,  em Brasília – DF também foi criado com intuito informar o consumidor de seus direitos.

Voce pode conferir os prazos e regras para negativação de seu nome e manutenção de CFP em site de restrição como SERASA, SPC e outros.

Cobrança abusiva, procure seus direitos

Quem está sofrendo abuso por parte destas empresas de cobrança, tem direitos à indenização. Quem estiver sendo constrangido de qualquer forma, pode reunir provas e testemunhas, gravando ligações, guardando o histórico de ligações no celular, anotando nomes de atendentes, etc.

Direitos do consumidor

É direito do consumidor, quando abordado pela justificativa: “para que não haja quebra de sigilo bancário”, exigir todos os dados da empresa cobradora, inclusive sobre os contratos cobrados, etc.

Nunca repasse dados de documentos, data de nascimento, cpf, nome completo, o dever de quem tem créditos à receber, em situação de inadimplência, é antes informar por documento registrado que tal empresa estará apta a cobra-lo.

Você pode exigir  que sejam fornecidos todos os dados da empresa contratada para fazer a cobrança, incluindo cópia do contrato, CNPJ, telefone, endereço, e responsável pela empresa.

Constantes reclamações

É a notada também ignorar as justificativas dos inadimplentes, tornado a ligação, muitas vezes apos alguns minutos, como se nunca tivessem ligado, outra estratégia para tentar desestabilizar o inadimplente.

Também ligam varias vezes num só dia e uma voz gravada diz “alô,esta me ouvindo’, e depois desligam na sua cara, fazem isso também para aumentar a pressão psicológica

Quem se sentir pressionado e for vítima destes abusos  pode inclusive acionar a justiça, propondo ações que podem chegar à 40 salários mínimos, para tal, sem custos, procure um Juizado Especial Cível.

conrança indevida direitos
Telecobrança – Empresas fazem inferno na vida de deve

Você pode gostar também