Presidente Barack Obama diz que “a própria democracia está em jogo” nos EUA

O presidente Barack Obama expressou preocupação na sexta-feira durante um encontro a favor de Hillary Clinton e disse que “a própria democracia está em jogo” nos EUA.

O presidente Barack Obama: “Agora (Trump) está sugerindo que se as eleições não lhe são favoráveis, não tem a ver com todas as coisas que diz, mas, sim, porque estão armadas e são uma fraude”, disse Obama.
Obama advertiu que “a própria democracia está em jogo” nas eleições de 8 de novembro, em sinal da preocupação crescente da Casa Branca com Trump.
– Dardos contra Slim –
Na sexta-feira Trump culpou o magnata mexicano Carlos Slim de um complô midiático para torpedear sua campanha, enquanto cresciam as acusações de mulheres contra o aspirante republicano.
Em um encontro na Carolina do Norte (sudeste) Trump lembrou que Slim é o maior acionista individual do grupo New York Times, cujo jornal publicou na quarta-feira relatos de duas mulheres que acusaram Trump de apalpá-las e beijá-las, anos atrás.

Presidente Barack Obama
Presidente Barack Obama: “a própria democracia está em jogo”

“O principal acionista do (New York) Times é Carlos Slim, e como sabem Carlos Slim vem do México. Ele deu milhões de dólares aos Clinton”, disse Trump no encontro.
“Vamos a deixar que corporações estrangeiras e seus presidentes decidam o resultado (da eleição). Não se pode fazer isso. Não podemos deixar que isso aconteça”, afirmou.
As críticas a Slim colocam novamente o México na campanha de Trump, que anunciou sua candidatura há um ano acusando de “estupradores” os milhões de imigrantes mexicanos sem documentos, que prometeu expulsar se chegar à presidência.

Você pode gostar também