Uma missão animal chocante até para agentes acostumados a atrocidades

A polícia do estado de New Jersey, foi acionada através da Shore Animal Control de Seaville, para apoiar uma missão animal chocante, eles são agentes acostumados as maiores atrocidades.

A Shore Animal Control em Seaville, recebeu uma chamada, eles não sabiam que seria uma missão animal chocante, alguém denunciando que dois cães estavam sendo deixados ao tempo, durante horas, sob baixas temperaturas.

Eles foram acionados por meio de denúncia anônima, para ir à uma casa e verificar maus tratos em dois cães.

Para a surpresa dos agentes, entre os dois cães, havia um pitbull de 15 anos, ele estava sendo deixado para fora da casa, em um clima de  2 graus negativos.

Um missão animal chocante, mesmo para agentes acostumados
Uma missão animal chocante, mesmo para agentes acostumados a outras tantas atrocidades.

Após o triste acontecimento e o imediato resgate animal, na outra noite a polícia volta a casa e quando confronta a mulher, suposta dona dos aninais. ela tentou se justificar, dizendo que os cães precisavam ficar do lado de fora no período em que seu filho chegasse em casa, cerca de 4 a 5 horas.

Na operação, como manda a lei no estado americano de New Jersey, o oficial deu voz de prisão à mulher: “Você está presa, vai para a prisão por deixar o cão sob condições extremas de temperatura, colocando em risco a vida e integridade do animal”.

“Eu não me importo!”, respondeu a mulher, mostrando que realmente não tinha nenhuma compaixão com os animais.

Uma missão animal chocante para os agentes da Shore Animal Control

Alguns minutos já seria tempo suficiente para matar de frio um animal, um cão para ficar sob estas condições de temperaturas baixíssimas, 4 a 5 horas num frio abaixo de zero, então, seria inaceitável.

Tentando se justificar, sua desculpa foi que um dos cães quebrava tudo em sua casa, desculpa que não o suficiente, para livra-la de ser levada a presença de um juiz e responder pelo crime de maus tratos.

A policia de resgate animal levou os dois cães para o abrigo da Shore Animal Control de Seaville, para passarem por avaliação e cuidados médicos.

Um dos cães já foi adotado, e colocado em uma nova casa, mas um deles, o pit bull de 15 anos, ainda está procurando por um lar.

Crédito: Shore Animal Control / Facebook

Sabemos que não há como você adotar o cachorro, mas por favor, se ver ou souber de animais sendo maltratados ou abandonados, procure o órgão competente de sua cidade, ou entre em contato com a polícia local.
No Brasil também existem leis de proteção aos direitos dos animais, denuncie.

Assista ao vídeo abaixo:

A missão da Liga é salvar a vida de animais de estimação abandonados através de iniciativas de adoção de animais. Todos os anos, a Liga Shore Animal

Control alcança em todo o país, cerca de 20 mil animais deixados nas ruas ou abandonados.
A Liga ja ajudou a resgatar, medicar, nutrir e adotar até à data, perto de um milhão de filhotes, gatos e cães, nas ruas e em casas, denunciadas por maus tratos e abandono.

No rescaldo dos furacões Katrina e Rita, a missão animal  da Shore Animal resgatou mais de 1400 animais de estimação da região atingida pela catastrofe.
Compartilhe esta história com seus amigos e familiares no Facebook para espalhar a mensagem.

Imagem Destaque Crédito: Shore Animal Control / Facebook

Você pode gostar também