Marisa Letícia morreu, notícia é confirmada pelo site da Uol

A ex-primeira-dama Marisa Letícia morreu, a notícia confirmada pelo site da Uol, A Tarde, mulher do ex-presidente Lula, teve morte cerebral confirmada nesta quinta-feira (2).

A ex-primeira-dama e mulher do ex-presidente Lula (Luiz Inácio Lula da Silva), Marisa Letícia morreu aos 66 anos, segundo notícias na internet, ela teve morte cerebral confirmada nesta quinta-feira (2).

O cardiologista que atende a mulher do ex-presidente Lula, Dr Roberto Kalil Filho, disse que o quadro da esposa de Lula, era “irreversível”, confirmando a morte da mulher de Lula.
O estado geral da mulher de Lula se agravou nos últimos dias e foi em consequência de complicações causadas por um AVC (Acidente Vascular Cerebral) hemorrágico, segundo o boletim do hospital Sírio-Libanês, onde ela foi atendida na última terça-feira(24).

Marisa Letícia morreu, família doação de órgãos

O ex-presidente Lula e sua família autorizaram a doação de órgãos de Marisa, após quadro grave de “ausência de fluxo cerebral”, segundo médicos, irrevers[ivel.
Em postagem no Facebook, Lula agradeceu às “manifestações de carinho e solidariedade”.

Marisa estava internada em estado grave no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde 24 de janeiro, onde permanecia sedada.

Marisa Letícia teve uma ligeira melhora na terça-feira (31), e a sedação chegou a a ser reduzida, mas por não ter reagido bem, voltou a ser sedada.

No dia anterior, segundo boletim, os médicos haviam informado, que a ex-primeira dama tinha tido “trombose venosa profunda”, nos membros inferiores.

Além do filho de seu primeiro casamento, Marcos, adotado por Lula, Marisa deixa os filhos Fábio, Sandro, Luís Cláudio, a enteada Lurian (filha do ex-presidente com uma ex-namorada), e o marido, Luiz Inácio Lula da Silva. Os dois foram casados por 43 anos.

Entraremos com maiores informações sobre a confirmação da morte da esposa de Lula, ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A família ou a imprensa ainda não foram informados sobre detalhes da morte de Marisa Letícia.

Você pode gostar também