Concurso da Polícia Federal 2017: MPOG deve liberar em breve recursos

Ministério Público deve liberar em breve recursos para organização do Concurso da Polícia Federal 2017 já pedido pelo diretor do órgão desde 2014.

Depois de ficar parado no Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão, o órgão voltou a movimentar o processo para liberação das verbas destinadas a realização do Concurso da Polícia Federal 2017.

As vagas na PF seriam abertas também para os cargos de Escrivão e Agente, o Ministério da Justiça devera encaminhar solicitação ao MPOG para a complementação das verbas, visto que o processo em trâmite no trata apenas das carreiras para Perito e Delegado.

  • Obtenha mais informações clicando nos links em verde.

Assim sendo, edital pra o concurso esperado tem pretensão de preencher deficit de cerca de 1.758 vagas na PF, sendo:

  • 600 para o cargo de Escrivão
  • 600 para Agente
  • 491 para Delegado
  • 67 para Perito.

No último dia 19 de maio, o pedido foi encaminhado para diversas áreas do MPOG, pedido este feito em 2015.

Segundo do Decreto 6.944/2009 e alterações do Decreto 8.326/2014) e manifestação do Diretor da Polícia Federal, já foram reunidas todas as condições necessárias para se obter autorização para o próximo concurso.

Confira todas as informações sobre esperado Concurso Polícia Federal (Concurso PF), a carreira esta muito atrativa depois dos reajustes dos salários do efetivo.

De acordo com o último reajuste, de dezembro de 2016, Delegados e Peritos terão remuneração que ultrapassarão a casa dos R$ 30 mil.

As carreira de Agentes e Escrivães no topo da carreira,poderão ultrapassar a casa dos R$ 18 mil.

Concurso da Polícia Federal 2017 já está pedido pelo diretor do órgão desde 2014

A maior parte dos órgãos públicos do Poder Executivo Federal necessita solicitar ao Ministério do Planejamento (MPOG) autorização para realização de concursos públicos.

Fator este que costuma dificultar sua realização de concursos, em especial em momentos de contenção de despesas pelo estado.

A boa noticia, é que a regra não se aplica à Polícia Federal, (segundo o Decreto 8.326/2014), desde 2014 o próprio Diretor-Geral da Polícia Federal tem poder para autorizar um concurso para o órgão.

Um concurso para a PF, pode ser autorizado sem a consulta ao Ministro do Planejamento, porem, segundo o decreto, uma autorização só pode ser concedida se quando o número de vagas abertas for maior do que 5% do total de efetivo de cargos.

Mas ainda que o próprio Diretor da PF autorize o concurso, será preciso aguardar a manifestação do Ministro do Planejamento, confirmando a existência no orçamento de recursos financeiros, destinados ao custeio das despesas advindas das futuras nomeações.

Exigências para candidatos aos cargos na Policia Federal

Ao cargo de Delegado da PF é exigido bacharelado em Direito, além de pedida a experiência mínima de três anos em atividade jurídica ou policial.

Aos cargos de Escrivão da Polícia Federal, Perito Criminal Federal (Perito PF) e ou Agente da Polícia Federal, os candidatos concorrentes deverão possuir diploma de conclusão de curso superior em nível de graduação.

Tradicionalmente,  os concursos da PF são realizados pelo Cespe/UnB,  compreendendo provas objetivas e discursivas.

Também são aplicados exames de aptidão física, exames médico, avaliação psicológica, prova prática de digitação (esta para cargo de escrivão), avaliação de títulos, prova oral, esta apenas delegado e curso de formação profissional.

As provas são de praxe realizadas em todas as capitais e os aprovados são  lotados inicialmente nas regiões de fronteira.

Como dito anteriormente, o concurso está na supressão da política de restrição a concursos, mas ainda depende da resposta do Ministério do Planejamento (MPDG) atestando provimento orçamentário para viabilidade das novas das vagas e demais recursos para organização do Concurso da Polícia Federal 2017.

Destaca-se ainda que se tratar de mera consulta aos recursos, com o órgão da PF devendo obtê-los, pelo seu papel social relevante, evidenciando ainda mais com a operação “Lava Jato”

Atualização em 07/08/2017 sobre o Concurso da Polícia Federal 2017/2018

O pedido para o Concurso da Polícia Federal 2017 (Concurso PF 2017) teve nos últimos dias movimentações em sua solicitação.

Somente na última sexta-feira (28 de julho), houveram nove movimentações por diversos setores responsáveis, o processo já conta como concluído no Gabinete da SGP do Planejamento.

Contando todas as movimentações, cresce a expectativa é de que a realização do concurso seja liberado muito breve.

A oferta de 1.758 oportunidades esperadas poderão ser distribuídas entre cargos de agente (600), escrivão (600), perito (67) e delegado (491).

As carreiras de escrivão e agente, como é sabido, exigem nível superior em qualquer área, enquanto o cargo de perito demanda graduação específica na área de atuação.

Aos pretendentes ao cargo de Delegado da Polícia Federal é exigido bacharelado em Direito com três anos de atividade jurídica ou policial. Dependendo do cargo ocupado, a remuneração inicial vai de R$12 mil a R$22 mil.

Você pode gostar também