Como receber Seguro Desemprego sem ter registro na carteira

Esclareça sua dúvida, se tem como receber Seguro Desemprego sem ter registro na carteira, ou por ter trabalhado sem registro. Veja que é possível.

Muitos ficam em dúvida, se tem como receber Seguro Desemprego sem ter trabalhado registrado, sem o registro na carteira de trabalho, mas a lei trabalhista diz que todos os trabalhadores tem direito ao este benefício social, pago pela Caixa Ffederal, e podem receber, de 3 a 5 parcelas, de acordo com tempo de serviço comprovado.

O Seguro Desemprego, desde de 2015, passou a ser calculado de acordo com o tempo de serviço, da data da contratação até a data da dispensa e solicitação do benefício

O valor que cada trabalhador tem direito é calculado tendo como base de cálculo os três últimos salários, portanto, será necessário fazer as contas para saber o valor do Seguro Desemprego à que você tem direito.



Porem, no Brasil, é muito comum a pessoa ter trabalhado sem registro na carteira de Trabalho, por ter entrado em acordo com o empregador e ter aceitado esta condição, que traz muitos prejuízos para o trabalhador.

Não vamos entrar na questão dos direitos trabalhistas, para não complicar a explicação que pretendemos dar neste artigo, ao procurar um advogado trabalhista, ele vai expor a você todos os direitos que voce tem como trabalhador, mesmo tendo trabalhado sem registro.

Como receber Seguro Desemprego mesmo sem ter sido registrado: a lei garante este direito, independente do registro em carteira.

A grande dúvida que muitos tem é se existe a possibilidade do trabalhador receber Seguro Desemprego mesmo tendo trabalhado desta forma irregular.

Vale lembrar que as verbas a serem recebidas na rescisão do contrato de trabalho sem justa causa, por iniciativa do empregador são:
o saldo salarial dos dias trabalhados, e as verbas proporcionais ao tempo trabalhado, sendo: aviso prévio, férias vencidas e proporcionais, décimo terceiro, além de indenização de 40% do FGTS.

Quem trabalhou sem registro, não tem como receber FGTS, assim como, não terá como receber o Seguro Desemprego, ‘imediatamente’.

Porem, a lei permite que todos trabalhadores busquem na Justiça do Trabalho, seus direitos, e, também permite exigir o Seguro Desemprego, se forem preenchidos os requisitos.

No entanto, se não houve registro na carteira de trabalho, o empregador deixou de depositar o FGTS na Caixa e contribuir com o INSS, e, assim sendo, só não será possível, receber de imediato, por não ter como entregar as guias do Seguro Desemprego e fazer a liberação do FGTS.

O que o trabalhador precisa saber é que, mesmo não tendo sido registrado, estas parcelas do benefício, também são direito do trabalhador e devem, no caso, serem requeridas judicialmente, por meio de uma ação judicial na Justiça do Trabalho contratando um advogado Trabalhista.

Se nos últimos três anos, você trabalhou para alguém durante um período terá direito a no mínimo três parcelas do Seguro Desemprego.

Para exercer seu direito a este beneficio do governo, procure um advogado da área trabalhista, ele vai lhe instruir e explicar a forma judicial de como receber Seguro Desemprego sem ter sido registrado.

 

Você pode gostar também