Veja hoje: Presidente dos EUA declarou guerra contra Coreia do Norte

Autoridades norte-coreanas, ameaçaram derrubar caças bombardeiros americanos mesmo no espaço aéreo internacional, a situação fica tensa entre os dois países.

Da Veja 25 set 2017 às 17h05: O ministro da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, das Relações Exteriores disse no dia de hoje, segunda-feira, 25, que os EUA, nas declarações do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, os EUA declarou guerra contra Coreia do Norte, seu país .

Ri Yong Ho afirmou que, ‘claramente’, Trump declarou guerra contra Coreia do Norte em seu discurso na ONU

Ri Yong Ho, ministro de estado, disse que Pyongyang tem o direito de tomar contra-medidas, que inclui abater caças bombardeiros americanos, mesmo que não esteja no espaço aéreo de seu país, ou seja no espaço aéreo internacional.

Comentário de Trump na ONU foram tomados como declaração de guerra

Ri Yong Ho, afirmou veemente, que os comentários recentes de Trump na reunião da ONU, foram “claramente” uma declaração de guerra a Coreia do Norte.
“Todo o mundo deve lembrar claramente que foram os Estados Unidos que primeiro declararam guerra contra o nosso país”, afirmou o ministro de Relações Exteriores norte-coreano, Ri Yong Ho.
A declaração foi dada a repórteres, hoje em Nova York, onde o ministro participa também da Assembleia-geral da ONU.

EUA nega que Trump declarou guerra contra Coreia do Norte

Os Estados Unidos negaram ter declarado guerra à Coreia do Norte e nesta segunda-feira advertiram Pyongyang ele não tem direito de atacar aviões em águas internacionais.

O ministro Ri Yong Ho qualificou o presidente Donald Trump como “uma pessoa mentalmente perturbada”, Trump no seu primeiro discurso na Assembleia-Geral da ONU, ameaçou “destruir totalmente” a Coreia do Norte, caso seja provocado.

Você pode gostar também