Resposta de Lula a Palocci, nota publicada em seu Facebook

Resposta de Lula a Palocci: PT não aceita que com delação de Palocci “pode ter chegado o fim de linha para o PT” como disse repórter petista em seu blog.

E resposta de Lula a Palocci ele não aceita que, com a delação de Palocci o PT está perto do fim. Um jornalista, declarado petista, Ricardo Kotscho publicou nota em seu blog no site Notícias R7 e reconheceu que a delação de Palocci pode representar o “fim da linha para o PT”, confira a matéria escrita por ele:

Segundo o jornalista, até aqui, toda a linha de defesa de Lula e do PT  se pautava em alegações de que não havia provas e tudo seria uma ‘conspiração da Justiça’ com intúito de impedir que Lula fosse candidato a presidente nas eleições de 2018.

Depoimento de Antonio Palocci,  ex-ministro do ex-presidente Lula pode por fim na era petista

Delatando todo o esquema e escancarando a participação efetiva do partido e seus dirigentes, Palocci, ex-ministro e homem de confiança absoluta do ex-presidente Lula, joga por terra esta estratégia.

Diante do que disse Palocci ao juiz Sergio Moro, na tarde desta quarta-feira, as acusações contra eles se tornaram indefensáveis.

O “pacto de sangue” assim chamado por Palocci, feitos entre o PT e a Odebrecht, que segundo o ex-ministro envolveu R$ 300 milhões em propinas, passa a ser uma bala de prata para o juiz Sergio Moro.

Ressalta-se que estamos a uma semana pra Lula dar ao juiz o seu segundo depoimento marcado para o próximo dia 13 em Curitiba.

Em cerca de duas horas de depoimento, Antonio Palocci contou que diz saber e como tudo aconteceu, a delação do ex-ministro foi matéria de estqeu do portal ‘A Folha se São Paulo’.

O ex-ministro de Lula relatou que Emílio Odebrecht, abordou Lula no final de 2010, para oferecer um pacto, chamado na época por ele de ‘pacto de sangue’.

O pacto, segundo delatou Palocci, “envolvia um presente pessoal que era um sítio, envolvia o prédio de um museu pago pela empresa, envolvia palestras pagas a R$ 200 mil, fora impostos, combinadas com a Odebrecht”.

E ainda, combinada (em 2010) para o próximo ano ,2011, uma ‘reserva de R$ 300 milhões”, e “ele mandou eu recolher os valores”.

Resposta de Lula a Palocci, em nota publicada em seu Facebook

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirma que:

“A história que Palocci conta é contraditória com outros depoimentos de testemunhas, réus, delatores da Odebrecht e de provas e que só se compreende dentro da situação de um homem preso e condenado em outros processos pelo juiz Sergio Moro que busca negociar com o Ministério Público e com o próprio juiz Moro um acordo de delação premiada que se justifique acusações falsas e sem provas contra o ex-presidente Lula. Palocci repete o papel de réu que não só desiste de se defender como, sem o compromisso de dizer a verdade, valida as acusações do Ministério Público para obter redução de pena e que no processo do triplex foi de Léo Pinheiro”.

 

Antonio Palocci, petista, homem de confiança, braço direito, mentor, e, amigo de Lula,  preso pela Lava Jato, não poderá ser chamado de inimigo, mas entregou o partido e seu líder principal.

Na resposta de Lula a Palocci, o ex-presidente não entrega os pontos, mas, segundo já é falado na imprensa, pode ter chegado o fim de linha para o PT.

Você pode gostar também