‘A ameaça Bolsonaro’: capa da Veja causa reação nas redes sociais

A revista Veja divulgou a capa de sua edição desta semana com o título conotativo 'A ameaça Bolsonaro' e virou alvo de protestos de internautas e da família de Jair Bolsonaro.

A reportagem principal da revista Veja da semana vem com o título ‘A ameaça Bolsonaro’ e fala do fenômeno de ressurgimento, do que ela chama de, a ‘direita radical’, ressurgindo no cenário político do país.

O filho do deputado, Carlos Bolsonaro, vereador do Rio de Janeiro, se apressou e partiu para o ataque usando sua conta no Twitter e compartilhou uma publicação recomendando o cancelamento de assinaturas da revista.

Na postagem, uma montagem com fotos imitando a capa do semanário, Carlos Bolsonaro,  acusa  a Veja de ser “fake news”, junto vem uma reclamação, de que a ‘nova direita’ não tenha saído em defesa do presidenciável:

A chamada para a leitura do conteúdo,  diz que o presidenciável se consolida nas pesquisas, ocupando a vice-liderança, e que, classificando as ideias de Jair, como ‘extremistas’ e o seu discurso como ‘agressivo’, como ‘um sinal de alerta’, além do seu isolamento, acredita-se, político.

A matéria fala da possibilidade, caso seja condenado, do petista Lula não disputar as eleições de 2018, o que poderia colocar Bolsonaro como o candidato com maior chance de assumir a liderança nas pesquisas.

“É uma novidade e tanto”, finaliza este trecho, e concluindo,  “[…]talvez a maior ameaça que o Brasil já enfrentou no atual ciclo democrático”

Quem não gostou do tratamento da revista Veja ‘A ameaça Bolsonaro’, considerando o  título como sendo bastante conotativo, além de filho do deputado, foram seu seguidores nas redes sociais, que já não são poucos, muito comentaram a capa da Veja da semana, prometendo boicotar a revista.

Você pode gostar também