PIS/Pasep de falecidos: idosos e herdeiros vejam como sacar o benefício

Veja quais são os documentos necessários para ter direito aos saques do PIS/Pasep para idosos e parentes de falecidos, e os locais onde poderão ser realizados os saques.

Os saques do PIS/Pasep de pessoas falecidas poderão ser efetuados pelos herdeiros, sem que precisem aguardar pelo calendário de pagamento do benefício. A retirada das cotas poderá ser feita em qualquer banco e data basta mostrar a documentação exigida.

Os funcionários do setor privado que tem direito ao PIS para herdeiros de familiares mortos basta ir a CEF (Caixa Econômica Federal) e levar os documentos solicitados abaixo:

PIS/Pasep de falecidos, veja a lista de documentos

-Documento de identidade com validade. Certidão ou declaração dos que tem direito a receber pensão por morte remetida pelo INSS.

-Atestado expedido pela empresa para o servidor público. Documento judicial outorgado para a pessoa que representará o dependente.

-Escritura ou inventário e partilha. Registro no PIS/Pasep (caso ocorra problema no momento de identificação da conta PIS/Pasep).

-Documento de identidade da pessoa que irá retirar o dinheiro. Funcionários públicos poderão sacar no BB (Banco do Brasil) basta apresentar os seguintes documentos:

-Registro de óbito e documento de declaração de beneficiários expedida pelo INSS com os dados do dependente.

-Certidão de óbito e declaração de dependentes com direito a receber a pensão por falecimento, remetida pela empresa em se tratando de servidores públicos.

-Documento judicial informando os beneficiários com direito a retirada do benefício e caso não conste o nome do falecido, será necessária a apresentação da certidão de óbito.

-Inventário ou documento de partilha contendo informações do inventário, ou escritura de partilha registrada em cartório de notas.

As cotas do PIS/Pasep 2017/2018

O benefício é a soma dos depósitos realizados pelos empregadores do PIS/Pasep, no período de 1971 a 4 de outubro de 1988.

Os trabalhadores ativos ou não de empresa privada ou servidor público que tenha o registro do PIS/Pasep realizado até o período de 4 de outubro de 1988 e que não tenha retirado o valor terão direito ao saque. Os que iniciaram em 1990 terão direito a sacar o abono salarial do benefício.

Você pode gostar também